segunda-feira, 30 de julho de 2012

Briga entre a familia do Michael provoca ira entre os internautas principalmente os fãs

Prince, Paris e Blanket Jackson, filhos do cantor Michael Jackson, em foto tirada em janeiro de 2012
Prince, Paris e Blanket Jackson, filhos do cantor Michael Jackson, em foto tirada em janeiro de 2012 (Getty Images)
A família Jackson é real, mas as últimas notícias sobre o clã o aproximam de uma trágica peça de ficção. Nesta terça-feira, os irmãos Jermaine, Randy e Janet Jackson tentaram tirar os filhos de Michael, Prince (15 anos), Paris (14 anos) e Blanket (10 anos), da própria casa. De acordo com o site americano RadarOnline, a manobra faz parte da estratégia dos irmãos para conseguir parte da herança milionária do astro morto em 2009, destinada apenas aos filhos e à mãe, Katherine Jackson. Janet quer a casa de Michael para ela, assim como a mudança no testamento do irmão, que passaria a beneficiar também Jermaine e Randy.
LEIA TAMBÉM: Paris Jackson: 'Minha avó está desaparecida'

Após briga, filhos de Michael Jackson deixam casa da avó
Irmãos de Michael Jackson envolvem mãe em briga pela herança do astro
A lavagem de roupa suja da família tem provocado a indignação de internautas, que têm usado suas páginas no Twitter para criticar a atitude dos parentes. "A família Jackson é disfuncional", escreveu o tuiteiro Stew Pidd em um post.
"Toda essa confusão me faz pensar que o Michael era o mais bem ajustado da família. Seu comportamento estranho começa a fazer sentido agora", diz David Leath Jr., em outra mensagem. "Eu me sinto triste em perceber que os filhos de Michael são as pessoas mais maduras nessa família", escreveu a microblogueira Annabelle Kline.
"A família Jackson devia tomar vergonha na cara e ir trabalhar em vez de ficar num pé de guerra pelo dinheiro do Michael", protestou outra tuiteira, Apple Head. "Isso é um exemplo de como o dinheiro pode influenciar a atitude das pessoas. Não se pode confiar em ninguém hoje em dia", escreveu ainda o internauta Ray Lipowski.

Nenhum comentário:

Postar um comentário